27 de junho de 2013

my valentine

Fevereiro de 2013.

Abracei o meu novo fevereiro e resolvemos sair para jantar no nosso primeiro Valentine's Day juntos. Lição aprendida: nunca saia para jantar no Valentine's Day em Las Vegas. Os nossos restaurantes preferidos estavam todos lotados, mas por fim conseguimos fazer uma reserva em um restaurante italiano que tínhamos ido nos primórdios do namoro.

Naquele dia lá em 2010, comemos tanto e tomamos tanto vinho que chegamos em casa imprestáveis. Nada romântico. Dessa vez, pegamos mais leve na massa e no vinho. Tava uma delícia, mas no ano que vem vamos jantar no dia 15, ao invés do dia 14.

O que eu acho mais legal do Valentine's Day é que tem um conceito diferente do Dia dos Namorados. É um dia dedicado ao amor, seja ele entre casais, pais e filhos ou até entre amigos. Não se limita apenas ao amor romântico e sim ao amor na sua forma mais pura e simples. Nesse clima, olhem o nosso Chima, o melhor presente no meio dos presentes todos.



Menos de um semana depois do dia do amor, o meu amor se foi para a China! Sim, vocês leram bem, para China. Foi passar uma semana inteira lá à negócios. Do outro lado do mundo, com um fuso horário de 15 horas. Mais fuso horário na nossa vida. Eu fiquei louca para ir junto, mas a minha cota de passagens internacionais estava no limite.

No que se refere ao paraíso de compras, a China está para os Estados Unidos, assim como os Estados Unidos está para o Brasil. Os brasileiros adoram vir para cá se perder entre um outlet e outro. O Jared voltou para casa fascinado com os produtos da China a preço de nada.  Eu ganhei varias coisas lindas made in China, apesar de eu morrer de remorso pelas condições de trabalho, mas não vou entrar nesse mérito. 

Enfim, aquela semana foi longa demais. Agora eu entendo um pouquinho de o Jared reclamar tanto por eu ter ido para o Brasil por três semanas. O tempo não anda sem ele em casa. Não durmo direito, o Chima fica latindo no meio da noite por qualquer barulho e eu morro de medo de ficar sozinha nessa casa grande. Sou guria de apartamento, gente. Aqui não tem perigo, mas as portas nunca viram tantas trancas como naquela semana. Um fiasco!

No entanto, quando ele me mandou fotos do cérebro de pomba que ele COMEU (!), eu juro que fiquei um pouco agradecida por estar em terras ocidentais. O Jared em país estranho come até pedra. Não tenho esse senso de aventura estomacal que ele tem. Morri de nojo!




A única coisa boa foi que eu li um livro inteiro na ausência dele. Talvez o meu lado intelectual precise de mais semanas sem Jared. Azar do lado intelectual. Eu queria ele de volta da China pra já. Demorou, mas ele voltou no melhor super empolgado Jared que eu conheço, cheio de histórias para contar. Quase que nem eu. Quinta que vem tem mais.


10 comentários:

  1. Continua muito bom! Parabéns Fabi!
    Beijos
    Marta Gentilini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Martinha :) volta sempre, tudo de bom aí!
      Beijão

      Excluir
  2. Posso fazer uma piadinha Fabi ?
    Isso foi um negócio da China ???
    Acho que não ... noites mal dormidas ninguém merece né ?
    Bjs
    Lana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha esse história de comer cérebro de pomba tá com cara de negócio da China mesmo. Da próxima vez vou junto descobrir o que está por trás de tudo isso, Lana!! :P

      Noites mal dormidas cansam a minha beleza! hehehe mas agora já passou. Beijo, beijo, obrigada pela visita sempre!

      Excluir
  3. Poor fabiana, já estando no mesmo continente é difícil, não consigo imaginar do outro lado do mundo! :'( Ahhh estávamos comemorando Valentine's day juntos pela primeira vez na mesma cidade e nem sabíamos! Haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As coincidências entre a gente abusam! Estou louca que tu venha visitar de novo! Vamos ter que nos encontrarmos :D beijokas annita!

      Excluir
  4. Jura que ele comeu mesmo isso??? Eca!!!! :P
    Eu sempre correndo aqui pra colocar os posts em dia... esta semana falei muito em ti e no próximo novembro!! \o/ ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahah COMEU! Lembra quando ele comeu charque cru e salgado na minha casa? Ele é uma coisa!

      Ai nem em fala que a saudade tá demais, demais, demais. Não precisa ficar correndo, o blog tá sempre aqui te esperando. Chega logo novembro! Amo muito!

      Excluir
  5. Affe Fabi, cérebro de pomba não rola. Deve ser uma prática de tortura na China...rs
    A saudade aperta mais pra quem fica do q pra quem vai, né?

    Adorei o significado do Valentine's Day. Sabe q ano passado cheguei em Detroit bem nesse dia. Fiquei na casa de amigos, eles nos pegaram no aeroporto e fomos direto almoçar no Olive Garden, poxa, teria encarado com outros olhos se soubesse disso...rs

    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não rola Débora, mas o Jared não tem muitos padrões hahaha

      Sim, a saudade é com certeza pior pra quem fica :( É bom para eu aprender! hehehe

      Sim, que pena mesmo, mas vc vai ter outras oportunidades de passar o Valentine's day por essas bandas.. quero saber das possibilidades! beijokas

      Excluir